how to get your muse back (tradução)

rpetc:

image

Como roleplayer, de vez em quando, perco o contato com meu personagem, quase como eu tivesse esquecido da forma de escrevê-lo. Por essa razão traduzi o guia pequenininho chamado how to get your muse back que me ajudou bastante. Tudo que está depois do read more foi escrito pelx eleftherxa.

Read More

July 24 2014, 12:59 AM   •   4 notes  •   VIA   •   SOURCE
July 23 2014, 08:00 PM   •   2 notes
Por que tem tanto rpt que surgiram?
Anonymous Asked

Eu tenho minha teoria, anon. Eu vejo muitos blogs que criam sem uma definição, porque afinal, todo mundo se acha “diferente” mesmo, cria um blog sem um princípio de ajuda fixo e não sabe o que vai fazer para prestar tal ajuda. Eu comecei assim, meu tumblr era pra ser só de rants e opinião, minha descrição era algo do tipo “não sou um rph” ou “não sou um rph comum” e tudo que eu queria fazer era dar opinião, era meu objetivo. Enfim, acho que parece mais legal, por isso todos criam algo que parece mais fácil e divertido, o que deve ser para alguns. Mas se você quer se manter com um blog por bastante tempo, eu acho que ficaria ainda mais difícil com um rpt, porque esse sim realmente depende das asks. Não estou julgando nada, eu gosto dos rpts e adoro ler as opiniões, estou falando minha teoria de tantos terem surgido. E digo porque comecei meu rph como rpc ou algo próximo a isso, até é o motivo da url "whatcatsays", porque tudo que eu faria era falar mesmo (não cathelps ou cathelper, até porque whatcatsays pega mais né hahah). 

July 23 2014, 01:20 PM   •   1 note

syntaxthemes:

Google theme pack by syntaxthemes! featuring:

Google Theme - preview | code

a theme that looks just like the Google search results page

the search bar actually works! you can search your blog with it

optional pagination that looks like Google’s

optional blogroll

optional ‘account’ - with “add account” and “sign out” buttons that actually create a new blog or sign you out (isn’t that cool)

fully customisable

Google All-in-One Page preview | code

an all-in-one page based on the Google search results page

contains: about me, blogroll, navigation, and FAQ

fully customisable; customisation instructions in the code

Google Redirect/Hiatus Page preview | code

a page based on the Google main page

if “Hiatus” option is selected, it will have an ask box instead of a search bar

Google logo can be replaced with any image, and will be automatically resized

fully customisable

terms of use

if you have any issues or queries, feel free to contact me

enjoy your new theme!

July 23 2014, 01:11 PM   •   1,505 notes  •   VIA   •   SOURCE
Cat, de quem você sente mais falta aqui?
Anonymous Asked

Você diz de rph? Difícil achar um que não faça falta aqui! Tem a Lexi, do lovely-critical, o Enzo do timberlake-helps, a Seh e a Laura do troublehelpers, a Jaque do 911-help, a Pixie do hiddles-helper, a Luc (dos vários tumblrs diferentes, mas pra sempre a mohr), a Penny do lets-go-write, a Hell, o Hugo, a Seo (mushurps)… puts, tem tanto, e faltou tantos (todo resto da comunidade antiga de rphs talvez??). Nem sei se foi isso que você perguntou HAHAH.

katiekatkkm:

I can’t decide if Taylor or Nikki’s reaction is better

July 22 2014, 11:01 PM   •   1,190,073 notes  •   VIA   •   SOURCE

COMO INTERPRETAR UM PERSONAGEM GAY
 ↳ tradução por whatcatsays 

Nesse guia você vai encontrar uma coleção de dicas e truques para interpretar um personagem gay mais realístico possível. Honestamente, isso é só baseado na minha opinião e experiência, então sinta-se livre para ignorar e não seguir nenhuma das minhas sugestões. «Por favor, leia a nota»

cat says: toda e qualquer informação contida nesse guia foi escrita pelo niggalessrps, blog que criou o post e autorizou a tradução. Nenhum crédito é meu senão o do tradução.

Sinceramente, a única diferença entre um personagem gay e um hétero deveria ser o fato dele preferir homens sexualmente, mas eu selecionei algumas dicas para ajudar você a entrar no ritmo de jogar com um personagem gay e criar um personagem tridimencional.

Nota: Não se ofenda por qualquer coisa neste guia e, por favor, sinta-se livre para ignorar a maioria das coisas que escrevi, porque como você interpreta um gay é completamente aberto a você, mas essas são algumas dicas que eu acredito serem úteis ao interpretar um personagem gay, se você não é um homem homossexual. A maioria dessas dicas são baseadas na minha expêriancia como gay e jogando com personagens gays. Se você não gosta do meu guia ou não concorda, então, por favor, só clique no “x” para sair da minha página.

[[MORE]]
Evite estereótipos;

Ok, vocês todos já devem ter ouvido isso antes e é realmente um bom conselho para interpretar qualquer tipo de personagem, mas é especialmente importante ao interpretar um gay, porque não é todo homossexual que gosta de fazer compras e ser chamativo ao extremo. Agora, grande parte disso vai depender no que está incluso na bio, porque a história pode conter alguma informação chave que pode te ajudar a decidir como interpretar seu personagem. Porém, é de extrema importância que você evite fazer seu personagem completamente “esteriotipado”, comum, cliché. Assim como nem “todo negro não come frango frito e melancia”, nem todo cara gay é bailarino e expert em shopping com uma atitude petulante e atrevida.

Personalidade é a chave;


Assim como qualquer personagem que você interpretou antes, você precisará ou pegar da bio ou escolher por si mesmo uma lista de likes/dislikes e características da personalidade que seu char terá. Honestamente, a personalidade de um gay não tem que ser muito diferente das personalidades que você já interpretou antes, mas haverá algumas discrepâncias mínimas. Eu acho que um dos segredos de interpretar um personagem gay realístico é fazer com que ele pareça o menos cliché possível.
Agora o que você precisa fazer é “peneirar” a biografia, se tiver uma, e colher a personalidade que é dada. E se você está fazendo um OC, personagem original, então você escolhe qualquer características que quiser. Depois de ter tirado ou pensado nas tais características, você vai chegar no que é considerado a parte mais divertida do roleplaying, que é construir seus gostos de desgostos. Indo de programas de televisão a música e esportes, seu personagem terá uma opinião em tais tópicos e suas preferências, o que ajudará no desenvolvimento dele, se você escolher o que ele gosta de fazer em seu tempo livre e decidir os detalhes também. Outra sugestão útil é que você pode adaptar os gostos e rotina no roleplay em que seu personagem estará. Se ele estará em um RPG baseado em uma universidade, não seriam preferências iguais as de um RPG baseado num apocalipse do futuro, obviamente. 

Escolha suas preferências;

Como qualquer outro personagem, hetero ou lésbica, ele terá atrações físicas. Essas atrações que diferirá seu char dos outros masculinos. Assim como qualquer ser humano, ele será atraído por um certo tipo de homem e, é claro, a menos que esteja na bio, você está livre para estabelecer isso por si mesmo. Você terá que determinar o que excita seu personagem e o que não, ambos sexualmente e em relações, e use isso para decidir como ele terá relações com os outros personagens. Outra coisa a considerar é se seu personagem é mais submisso ou dominante no quarto. Estou sendo apenas superficial com isso, mas é uma decisão que você terá que fazer. [Há um guia de smut gay aqui, para caso precisem de mais ajuda].

Crie uma backstory criativa;

Todo char que você já interpretou deve ter tido uma história única e como você já pode adivinhar, um personagem gay também tem uma backstory. Agora, essa backstory será ou baseada na informação na ficha ou no que você escolher e criar. Criar uma história realista e interessante é a chave para jogar com um personagem gay. Você precisa pensar em muitas coisas sobre seu char. Algumas questões úteis para se perguntar sobre ele são: Quem sabe sobre sua sexualidade? Se sua família sabe, como reagiram? Seus amigos sabem sobre sua sexualidade? Como ou o quanto sua sexualidade afeta na sua vida escolar, esportivas ou profissional (no trabalho)? Ele já foi prejudicado por isso?
Se você está capaz de responder essas perguntas, então você bem no caminho criando uma backstory realista e interessante. Outro elemento chave é basear as ações presente do seu personagem naquilo que aconteceu com ele no passado. Por exemplo, se ele foi expulso de casa e mandado para fora por causa de sua sexualidade, então como isso o afeta/afetou no futuro? Ele valoriza mais o abrigo? Ele tem medo de se aproximar demais de qualquer pessoa, por temer que isso aconteça de novo? É bom que você mantenha essas coisas em mente enquanto está plotando com seu personagem.

É isso, espero que ajude! Qualquer sugestão para mais traduções, estou aceitando, desde que seja aprovado pelo autor se o blog for ativo. E se for encontrado algum erro no texto acima, por favor, me avise! Obrigada por lerem.
[edit] BONUS: dicionário de “gírias gays”.
COMO INTERPRETAR UM PERSONAGEM GAY
 ↳ tradução por whatcatsays 

Nesse guia você vai encontrar uma coleção de dicas e truques para interpretar um personagem gay mais realístico possível. Honestamente, isso é só baseado na minha opinião e experiência, então sinta-se livre para ignorar e não seguir nenhuma das minhas sugestões. «Por favor, leia a nota»

cat says: toda e qualquer informação contida nesse guia foi escrita pelo niggalessrps, blog que criou o post e autorizou a tradução. Nenhum crédito é meu senão o do tradução.

Sinceramente, a única diferença entre um personagem gay e um hétero deveria ser o fato dele preferir homens sexualmente, mas eu selecionei algumas dicas para ajudar você a entrar no ritmo de jogar com um personagem gay e criar um personagem tridimencional.

Nota: Não se ofenda por qualquer coisa neste guia e, por favor, sinta-se livre para ignorar a maioria das coisas que escrevi, porque como você interpreta um gay é completamente aberto a você, mas essas são algumas dicas que eu acredito serem úteis ao interpretar um personagem gay, se você não é um homem homossexual. A maioria dessas dicas são baseadas na minha expêriancia como gay e jogando com personagens gays. Se você não gosta do meu guia ou não concorda, então, por favor, só clique no “x” para sair da minha página.

Read More

July 22 2014, 04:59 PM   •   6 notes
cat, quando você traduz um guia você pede alguma autorização pro autor? porque eu queria traduzir um mas a pessoa abandonou o tumblr há mais de um ano.
Anonymous Asked

Os meus primeiros eu fiz sem permissão, mas eu gosto de pedir para o tumblr porque eu não gostaria que traduzissem um meu sem vir falar comigo antes. Os últimos eu pedi permissão e foram muito simpáticos - até pediram o link depois, mas já tive tutoriais em que acabei pedindo só depois de traduzi-lo inteiro e não me deixaram postar. No seu caso, eu não vejo problema em traduzir sem pedir, porque é um tumblr inativo e vai saber quando vão excluir o post, né? Mas você pode mandar um submit/ask dizendo que gostaria de traduzir e tudo mais, que seria ótimo porque aqui no Brasil não há tantos guias assim, seria muito útil para nós (é como eu falo). Quem sabe a pessoa tem esse como um blog secundário inativo e responde? Se não responderem, pelo menos você pode falar que tentou.

Podem fazer um guia de como interpretar personagens gays "escandalosos"?
Anonymous Asked

Ah, anon, eu não sei como, sinceramente. Eu faria um personagem assim, mas para isso acabaria procurando alguns filmes e vídeos nos quais também haja algum personagem gay (como O Concurso, por exemplo?). Eu, pessoalmente, não conheço nenhum gay escandaloso, meus amigos gays pouco dão pinta. Conheço esse guia e posso traduzi-lo para hoje se quiser, porque não há diferença grande entre um personagem gay e um personagem gay escandaloso, somente a parte que uma das características de sua personalidade seria “ser escandaloso”. Ou seja, “dar mais pinta”, divulgar mais sua opção sexual, falar as tais “gírias gays" ahhah. Achei também um guia da Penny aqui se ajudar.

nataliedurmer:

The flower that blooms in adversity is the most rare and beautiful of all.

July 21 2014, 06:09 PM   •   605 notes  •   VIA   •   SOURCE